Walchensee

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje vou falar sobre o lago Walchen (ou Walchensee, em alemão), situado na cidade de Kochel, no interior da Baviera.

img_20180512_203620_782

Com certeza foi um dos lugares mais lindos que já visitei na vida e, o mais engraçado, é que não é um lugar SUPER turístico, tanto que alguns chamam de “joia rara da Baviera”.

É um dos lagos mais profundos (aprox. 193m) e largos (aprox. 16 km²)  da região e ele se destaca também pela sua cor (azul turquesa). Sua costa tem aproximadamente 27 km! Está a 802m acima do nível do mar e é completamente rodeado de montanhas altíssimas, incluindo a Herzostand-Heimgarten, que é a mais popular para fazer trilha de hiking.

img-20180512-wa0063

Para ter essa vista paradisíaca, você precisa subir a montanha, seja indo a pé (prepara as pernas, pois são umas três horas de subida num ritmo normal) ou de teleférico (valor €12,50 ida/volta). Eu subi por 1h30 a pé e não aguentei. Finalizei a trilha e preferi subir de teleférico (risos).

Recomendo bastante que você use um tênis próprio para trilha, pois eu mesma escorreguei várias vezes, e que leve bastante água contigo. Se você puder levar uma “bengala bastão” com você para te ajudar a se apoiar e não escorregar, melhor ainda. eu fui no modo raiz mesmo (talvez por isso tenha desistido no meio rs).

É possível mergulhar no lago, mas se prepare, pois é MUITO gelado!

img-20180512-wa0059

Para chegar até o Walchensee, começando a viagem por Munique, fizemos o seguinte trajeto:

Compramos o BayernTicket (€31 para duas pessoas para usar o dia todo em toda a Baviera), pegamos o trem com destino a “Kochel” na estação central de Munique (Hauptbanhof). Chegando lá, dividimos um táxi com um casal e ficou €7 para cada um, pois os ônibus municipais estavam passando de duas em duas horas. A viagem toda dura, mais ou menos, 2h.

Dicas (com base na minha experiência): 

– pegue um trem cedo (o nosso parou na ida e tivemos que trocar por outro, pois tinham vacas no meio dos trilhos que não queriam sair e chegamos lá perto do meio-dia, ou seja, perdemos metade do dia);
– se programe para a volta: olhe os horários dos últimos ônibus e trens de volta (nós quase perdemos o último trem que levaria até Munique, pois achávamos que os ônibus passavam frequentemente. Nossa sorte é que conseguimos carona com um casal que conhecemos durante o passeio);
– leve dinheiro, pois nenhum dos lugares que fui aceitava cartão (achei apenas um caixa automático para sacar dinheiro);
– leve uma troca de roupas, pois pode esfriar/chover.

img-20180512-wa0054

Apesar de ter desistido da trilha completa, eu senti que aproveitei muito o passeio dentro dos meus limites. A experiência do teleférico foi super legal e a vista é muito linda! Para quem gosta de fotografia, esporte e natureza é um lugar maravilhoso!

img-20180512-wa0038
É isso! Acho que consegui passar bastante informação, mas caso alguém caia aqui de paraquedas e queira saber algo mais, é só deixar ali nos comentários que eu respondo.

Obrigada pela atenção e até o próximo post! ❤

img-20180512-wa0071

Um comentário sobre “Walchensee

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s